noticias/19970-
AMIPA - Notícias > Conab prevê safra recorde em Minas Gerais

Notificação

Coloque aqui a descrição do alerta pelo parametro 'desc'!
Fechar

19 anos

UMA ASSOCIAÇÃO DE FIBRA

Beneficiamento

BANCO TÉCNICO

Clique na imagem para ver detalhes.

Notícias

11/05/2018

Conab prevê safra recorde em Minas Gerais

Conab prevê safra recorde em Minas Gerais

Com o avanço da colheita da safra mineira de grãos 2017/18, os números foram revisados pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) e Minas Gerais deve registrar novo recorde produtivo. De acordo com os dados do 8º levantamento da Safra de Grãos, a produção estadual pode chegar a 14,16 milhões de toneladas, volume que, se concretizado, ficará 0,6% superior à temporada anterior, quando foi registrado o volume recorde de 14 milhões de toneladas. Até o levantamento anterior, divulgado em abril, a estimativa era de uma retração de 2,6% com previsão de colher 13,71 milhões de toneladas de grãos. No País é esperada queda de 2,1% com a safra somando 232,6 milhões de toneladas.

 

No Estado, a área plantada chegou a 3,3 milhões de hectares, espaço 2,1% inferior ao utilizado na safra passada. O destaque vem sendo a produtividade, que está 2,8% maior com rendimento médio estimado em 4,29 toneladas por hectare.

 

De acordo com o superintendente de Informações do Agronegócio da Conab, Aroldo Antônio de Oliveira Neto, a soja e o algodão são os produtos que mais contribuíram para o crescimento da produção.

 

“Este ano, os destaques para o crescimento da safra são a soja e o algodão. Mesmo colhendo uma safra maior destes produtos, os preços continuam valorizados. O setor do algodão está com boa rentabilidade e este foi um dos motivos para o crescimento da área neste ano”, explicou Oliveira Neto.

 

No Estado, a área ocupada pela soja cresceu 2,3% e somou 1,48 milhão de hectares. Com o clima favorável e o uso de pacotes tecnológicos avançados, a produtividade aumentou 3,7% e o rendimento por hectare foi calculado em 3,6 toneladas. Com a variação positiva na área e na produtividade, a colheita da soja mineira deve alcançar 5,37 milhões de toneladas, alta de 6,1% frente ao volume recorde de 5,06 milhões de toneladas colhidas na safra 2016/17. No Estado, a colheita está próxima ao encerramento.

 

Já no segmento de algodão, a demanda externa em alta e os preços valorizados estimularam os investimentos na cultura. Somente a área de plantio foi ampliada em 60% e somando 25 mil hectares, ante os 15,6 mil utilizados na safra 2016/17. A produtividade do algodão em caroço, 2,2 toneladas por hectare, apresentou pequena retração de 1,7%. A expectativa é colher 55,1 mil toneladas de algodão em caroço no atual período produtivo, volume que, se alcançado, será 54,8% superior. A produção de algodão em pluma deve crescer 62,1% somando 36,8 mil toneladas.

 

Milho

 

Os preços baixos praticados no ano passado e a concorrência com outras culturas fez com que a produção de milho retraísse em Minas Gerais. A colheita da primeira safra rendeu em torno de 5,33 milhões de toneladas, queda de 8%. Na área plantada foi verificada retração de 10,4%, com o plantio do cereal distribuído em 814,8 mil hectares. Com clima favorável, a produtividade cresceu 2,7% e o rendimento chegou a 6,5 toneladas por hectare. A colheita está em fase final.

 

Para a segunda safra, a estimativa é de um aumento de 14,6% no volume, que pode chegar a 1,9 milhão de toneladas. A alta foi puxada pela recuperação da produtividade, uma vez que no ano anterior o rendimento foi prejudicado pela falta de chuvas. Este ano, a produtividade foi calculada em 5,79 toneladas por hectare, variação positiva de 20,1%. A área destinada ao cereal está 4,6% menor, com o uso de 341,2 mil hectares. A queda na área plantada se deve ao atraso na colheita do milho primeira safra e da soja além dos custos altos de produção.

 

Segundo a Conab, a elevação dos preços do milho e as condições climáticas favoráveis podem motivar algum incremento na área de cultivo na segunda safra. Porém, a janela de plantio pode ser o fator limitante deste ano para a cultura. Também é esperado que parte dos produtores opte pelo plantio de sorgo, que é mais resistente à estiagem.

 

A safra total de milho em Minas Gerais foi estimada em 7,3 milhões de toneladas, queda de 2,8% frente ao ano anterior.

 

Feijão

 

No caso do feijão, a produção total foi estimada em 535,9 mil toneladas, volume que ficou estável ao da safra passada, com pequena variação positiva de 0,2%. Na primeira safra, Minas Gerais colheu 194,7 mil toneladas de feijão, retração de 0,3%. A produtividade no período ficou 2,4% maior com a colheita de 1,24 tonelada por hectare. A área destinada ao cultivo caiu 2,5% com o uso de 156,9 mil hectares. A redução de área aconteceu em função dos preços baixos pagos pelo feijão e a concorrência com produtos mais rentáveis, como o milho e a soja.

 

Para a segunda safra, que está no início da colheita, houve redução de 3,9% na área plantada, que somou 112,2 mil hectares. O espaço menor se deve aos preços mais baixos praticados ao longo da primeira safra do grão. A produtividade média do feijão foi calculada em 1,37 tonelada por hectare, variação positiva de 3,3%. A produção tende a retrair 0,8%, com a colheita de 154 mil toneladas.

 

Já a estimativa para a terceira safra de feijão aponta para um aumento de 1,4% no volume, que pode alcançar 187 mil toneladas.

Voltar para a lista

Querido usuário: Atualize seu navegador

Identificamos que seu navegador está desatualizado e não consegue exibir complementamente este site, atualize-o.

Atualizar seu navegador

Infelizmente não existem versões mais recentes do seu navegador disponivél para seu sistema operacional(Windows XP ou inferior), com base nisto disponibilizamos abaixo o Google Chrome Frame, um complemento para seu navegaor que habilita a compatibilidade do site.

Clique ao lado para instalar o Google Chrome Frame e habilitar a compatibilidade do nosso site no seu navegador, após a instalação reinicie seu navegador.

Atualizar seu navegador

Seu navegador possui uma versão mais recente, atualize-o para poder acessar este site.

Identificamos que voce está utilizando um versão desatualizada do seu navegador, clique ao lado para atualizar para sua versão mais recente.

Atualizar seu navegador

Seu navegador possui uma versão mais recente, atualize-o para poder acessar este site.

Identificamos que voce está utilizando um versão desatualizada do Internet Explorer, clique ao lado para atualizar para o Internet Explorer 8.

Instalar um novo navegador

É altamente recomendavel que instale um novo navegador, os indicados abaixo foram testados e indicados por orgãos responsavéis.

Motivo para atualização ou instalação de um novo navegador

Nosso site usa e abusa das novas tecnologias da web para ofereçer segurança, estabilidade e rapidez para a sua navegação, seu navegador esta desatualizado e não oferece compatibilidade para tais tecnologias, além deste site, ele pode estar influenciando toda sua navegação na internet negativamente, entenda mais motivos clicando aqui.